domingo, 15 de abril de 2007

Grandes Expectativas

Eu não gosto de cerimônias de casamento. Se eu tivesse casado de forma convencional acho que não apareceria nem na minha. Cerimônias de casamento geram expectativas e eu odeio expectativas.

Elas, as expectativas, e até certo ponto as cerimônicas de casamento, existem para serem frustradas. Quanto maior a cerimônia, maior a expectativa que ela gera. Será que valeu a pena toda essa decoração? Gastaram um dinheiro, pra logo logo ir cada um para um lado! Não gosto de expectativas.

Todas as vezes que criei expectativas sobre alguma coisa me frustrei. Minha imaginação fértil sempre projetou tudo de forma muito melhor, ou pior, do que realmente foi na hora. Acho que as expectativas estão no campo de estudo do Tio Murph. Eu gosto do Tio Murph. Ele não erra nunca.

Ontem fui assitir uma peça de Teatro no Centro Cultural Banco do Brail: Relato Intimo de Madame Shakespeare. Trata sobre casamento e expectativas. Selma Egrei está fantástica e a Maria Manoella também tem momentos muito bons. Agradeço a linda Mariana do CCBB pelos convites, Puta Presente de aniversário. Depois eu comento sobre o texto. Agora vou trabalhar. Isso! Trabalhar no domingo. Eu não ligo. Não gero expectativas sobre meus domingos.

Abraços e Té mais!

Um comentário:

Mariana disse...

Muito bom esse! Adoro seus textos, sua forma de escrever. Gostei muito do seu blog tb. Por isso mesmo é q o link já está lá, no meu.
Beijo grande. Saudades.