sexta-feira, 13 de abril de 2007

Blogueiro!? É sua mãe aquela...

Confesso que relutei para iniciar um blogue. Medo de avaliarem o que escrevo? De descobrirem que sou um Professore de Português que comete crimes contra a gramática? Não. Depois do Gigolô das Palavras eu não tenho mais nenhum afeto pela Norma.
Meu receio habitava o campo da preguiça e da falta de comprometimento. Sei que não há obrigação em manter o espaço atualizado, mas que graça teria abrir um caderno e deixá-lo lá, entregue às traças virtuais? Ou faz ou não faz.
Estou fazendo. Aqui, minha tentativa. Ainda não sei o que será isto, se um blog cultural diverso, ou um espaço literário, um diário adolescente a lá Anos Incríveis, um bordado de minhas peripécias semi-eróticas.
Talvez um canto de notícias sobre os artistas, seria bom pra publicidades.
Não sei. Vou vendo com o tempo. Mas fiz. E espero que dê tudo certo.
Amém.

Nenhum comentário: