terça-feira, 26 de agosto de 2008

Encontro Prática de Escrita... espero todos lá!

Vai aqui o release feito por Helena Gomes sobre o Evento que ocorrerá na Unicsul.
Dia 4 de outubro de 2008, das 9h às 17h30, no campus Anália Franco da Universidade Cruzeiro do Sul, ocorrerá o Encontro Prática de Escrita: leituras, feitura e publicação. O evento é organizado pelos professores Carlos Andrade, Patrícia Leite e Claudio Brites e tem por objetivo fermentar um bate-papo a respeito de assuntos pertinentes à literatura contemporânea.
A abertura do encontro, às 9h, será feita pelo pró-reitor de graduação da Unicsul, professor Carlos Andrade. A programação seguirá com as palestras Mercado Editorial, da Prática à Publicação (às 9h30), com a escritora e editora Flávia Muniz e a agente literária Alessandra Pires (mediação do desenhista, ilustrador e escritor Octavio Cariello), Literatura Fantástica no Brasil (às 11h15), com os escritores Kizzy Ysatis e Rosana Rios (mediação do editor Silvio Alexandre), Cinema, Internet e Literatura (às 14h15), com o escritor e colunista Luis Eduardo Matta e o escritor e roteirista Raphael Draccon (com mediação da jornalista e escritora Helena Gomes), e Oficinas Literárias (às 16h), com a poetisa Eunice Arruda e o escritor ganhador do Jabuti Marcelino Freire (medição do escritor e crítico literário Roberto Causo).
As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site http://www.praticadeescrita.blogspot.com/. As vagas são limitadas. Os participantes receberão certificados ao final do encontro.

Sobre os convidados

Alessandra Pires é formada em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda e pós-graduada em Marketing, com passagem por editoras de livros, sempre atuando na área de marketing e produtos. Trabalhou na Editora Best Seller e Editora Gente. Experiência também no varejo como Gerente de Produto (e-commerce) do departamento de livros de uma importante loja virtual. Foi Gerente de Marketing da Câmara Brasileira do Livro e atualmente é agente literária.

Eunice Arruda é poeta nascida em Santa Rita do Passa Quatro (SP). Radicada na Capital, cursou Comunicação e Semiótica. Vem desenvolvendo atividades relacionadas à literatura - oficinas e leituras públicas de poesia - e dedicando-se especialmente à escritura de poemas. Integrou a chamada Geração 60, ocasião em que lançou seu primeiro livro É tempo de noite (Massao Ohno Editora). Com treze livros publicados, foi premiada no Concurso de Poesia Pablo Neruda (Buenos Aires, Argentina). Presença em antologias no Brasil e no exterior. Recebeu o prêmio de Mérito Cultural conferido pela União Brasileira de Escritores/RJ, e, em 2005, foi homenageada com o prêmio Mulheres do Mercado, concedido pela Casa de Cultura Santo Amaro (São Paulo/SP). Tem poemas gravados no programa Momento do poeta – Instituto Moreira Sales (IMS) – SP.

Flávia Muniz nasceu em Franca, São Paulo. Pedagoga, acumulou vários anos de experiência no trabalho junto a crianças da Educação Infantil do Ensino Fundamental. Tem mais de 30 títulos publicados e já alcançou a marca de mais de 2 milhões de livros vendidos. Criou vários roteiros para o programa Bambalalão, na TV Cultura de São Paulo. Teve vários livros premiados e trabalhou por muito tempo na Editora Abril, onde criou e editou revistas de atividades, livros e quadrinhos para crianças. Atualmente é editora na FTD.

Kizzy Ysatis nasceu em Santos, em 1977. É o primeiro escritor brasileiro a receber um prêmio de literatura com um livro sobre vampiros. Cursou Produção Editorial, mas foi durante um inverno em que morou na Galícia (norte da Espanha) que abraçou o oficio da escrita. Hoje é autor de dois romances: Clube dos Imortais - A Nova Quimera dos Vampiros (Editora Novo Século, vencedor do prêmio Rachel de Queiroz de melhor romance) e Diário da Sibila Rubra - O Retorno das Bruxas (Novo Século). A pesquisa profunda é seu ponto de partida. Sua narrativa respira poesia, caminha no escuro e faz uso do fantástico para revelar a luz da intimidade humana. Seu número de leitores aumenta a cada dia. Ysatis atualmente vive em São Paulo e escreve seu terceiro livro.

Luis Eduardo Matta nasceu no Rio de Janeiro, cidade onde mora, em 1974. Iniciou sua carreira literária aos 18 anos com a publicação de Conexão Beirute. Colunista do site Digestivo Cultural, é autor de 120 Horas (Planeta) e Morte no Colégio (Série Vaga-Lume, Editora Ática). Criador do manifesto pela Literatura Popular Brasileira (LPB), defende o “thriller verde-amarelo” e uma literatura de entretenimento.

Marcelino Freire nasceu 1967 na cidade de Sertânia (PE). Vive em São Paulo desde 1991. É autor de EraOdito (Aforismos, 2ª edição, 2002), Angu de Sangue (Contos, 2000) e BaléRalé (Contos, 2003), publicados pela Ateliê Editorial. Em 2002, idealizou e editou a Coleção 5 Minutinhos, inaugurando com ela o selo eraOdito editOra. É um dos editores da PS:SP, revista de prosa lançada em maio de 2003, e um dos contistas em destaque nas antologias Geração 90 (2001) e Os Transgressores (2003), publicadas pela Boitempo. Seu livro Contos Negreiros (Record, 2005) venceu o prêmio Jabuti de melhor livro, em 2006. Agitador cultural, é organizador da Balada Literária e ministra oficinas de escrita. Acaba de publicar Rasif – Mar que Arrebenta (Record, 2008) e atualmente prepara com o escritor Santiago Nararian a antologia Contos para se ler fora do armário.

Raphael Draccon é roteirista e avaliador de roteiros de projetos nacionais e internacionais envolvendo grandes produtoras como Conspiração Filmes, O2 Filmes, Aquarela Filmes e Intervalo Produções. É autor do romance de fantasia Dragões de Éter (Planeta). Tem acumulado prêmios e indicações em concursos de roteiros e contos. Atualmente, se divide entre escrever para os mercados literário, de audiovisual e de quadrinhos.

Rosana Rios é autora de livros para jovens e crianças, com quase 100 títulos publicados em 20 anos de carreira. Foi roteirista de programas infantis na TV Cultura de São Paulo, além de outras emissoras; foi também argumentista de quadrinhos. Após dedicar-se à literatura, recebeu vários prêmios, como o primeiro lugar no Concurso Cidade de Belo Horizonte em 1990 e na Bienal Nestlé de Literatura em 1991, o de Melhor livro de teatro conferido pela FNLIJ em 2006, além de inclusões no Acervo Básico e o selo Altamente Recomendável da FNLIJ em 1995, 2004 e 2006. Pesquisadora de Mitologia e Literatura Fantástica, coordena o GELF - Grupo de Estudos de Literatura Fantástica, na Internet. Nasceu e mora em São Paulo, capital.

Sobre os mediadores

Helena Gomes é jornalista, professora universitária e autora de livros de literatura infanto-juvenil e fantástica. Entre seus livros, estão a saga A Caverna de Cristais (Idea Editora), Lobo Alpha (Rocco) e Assassinato na Biblioteca (Rocco), além de contos publicados em revistas especializadas e em antologias como O Livro Negro dos Vampiros (Andross) e Anno Domini - Manuscritos Medievais (Andross), esta última participando como co-organizadora.

Octavio Cariello nasceu em 1963, em Recife. Nos quadrinhos, ganhou o prêmio de melhor desenhista brasileiro do HQ Mix 1992. Também atua como designer e tipógrafo. Para o mercado americano, pintou 300 páginas de quadrinhos para a série The Queen of the Damned (Innovation) e ilustrou títulos de HQ como Lovecraft (Malibu e Caliber Press), Bloodchilde (Millenium), Deathstroke e Black Lighting (DC Comics) e Wolverine (Marvel). No Brasil, foi um dos fundadores da Fabrica de Quadrinhos e da Quanta Academia de Artes. Trabalhou na Editora Abril como editor de arte. Atualmente cursa Letras na USP e se dedica à escrita de dois romances e a organização de uma antologia de contos de heróis AlterEgo.

Roberto de Souza Causo é escritor e crítico literário. Mantém coluna semanal sobre ficção científica e fantasia no Terra Magazine. Colaborou com artigos e resenhas em jornais e revistas, do Brasil e do exterior, como o extinto Caderno de Sábado, do Jornal da Tarde, o Fim de Semana, do jornal Gazeta Mercantil, Mais!, do jornal A Folha de S. Paulo, o Jornal de Letras e o D. O. Leitura, as revistas Cult, Palavra, Ciência Hoje, Isaac Asimov Magazine, Quark, Science Fiction Studies, Extrapolation, Antarès e Crop (do Departamento de Inglês da FFLCH/USP). Organizou a antologia Os Melhores Contos Brasileiros de Ficção Científica e publicou o romance A Corrida do Rinoceronte, uma combinação de fantasia contemporânea e ficção científica, ambos pela editora Devir.

Silvio Alexandre criou e dirigiu várias coleções de literatura fantástica, como a Coleção Zenith e a Coleção Star Trek, da editora Aleph, e o selo Unicórnio Azul, da editora Mercuryo. Foi editor-executivo da Editora Devir; gerente de marketing da Conrad Editora e da Pixel Media. É membro da Comissão Organizadora do Troféu HQMix, o principal prêmio dos quadrinhos no Brasil. É o curador do Prêmio Fnac Novos Talentos e do Festival de Quadrinhos da Fnac (São Paulo, Brasília e Curitiba). Criou e organiza o Fantasticon - Simpósio de Literatura Fantástica.

Nenhum comentário: