terça-feira, 15 de julho de 2008

Coisas cOisas coIsas coiSas coisAs coisaS

Addam, Ademir Pascale, Albarus Andreos, Alexandre Matheus Bliska, Almir Pascale, Ana Luiza da Silva Garcia, André L. Pavesi, Angel,Arlete Sobral, Brontops, Bruno Freitas Oliveira, Bruno Schlatter, Chico Anes, Claudio Brites, Claudio Villa, Danny Marks, Douglas MCT, Gabriel Torres, Gustavo Lopes, Hanna Liis-Baxter, Helena Gomes, J. Feltrin, JBAlves, Jonatas Turcato Syrayama, José Roberto Vieira, Karina Brossi, Kathia Brienza, Leandro "Radrak" Reis, Leandro Chernicharo, Lívany Salles, Madô Martins, Márcio Aragão, Marcos Lopes, Monica Sicuro, Nazarethe Fonseca, Paulo Dumi, Rafael de Agostini Ferreira, Raphael Draccon, Renato Arfelli, Ricardo Delfin, Rodrigo Prata, Rossana Santos, Rúbia Cunha, Sergio Sparsbrod, Thiago Cabello, Tiago Lobo, V. Netto, Victor Maduro.
Estes são os nomes dos autores que fazem o Anno Domini, o livro de contos que organizo na parceria com Helena Gomes, eu sei, já falei e só lembrando dia 19 de julho, sábado agora, 18h na Casa das Rosas!
>>>
A Casa Mário de Andrade tem mais um evento imperdível, dois, para os próximos dias:
CICLO DE DEBATES - ENCONTROS DE LITERATURA CONTEMPORÂNEA com Daniel Galera, Michel Laub, Luis Eduardo Matta, Ivana Arruda Leite, Lívia Garcia-Roza, Cíntia Moscovic, Flávia Rocha, Fabrício Carpinejar, Elisa Andrade Buzzo, Ana Elisa Ribeiro, Antonio Prata e Xico Sá falando de romace, contos, poesia e crônicas. As inscrições vão de 2/6 a 21/7. São 40 vagas. Tel: (11) 3666-5803 / 3826-4085 e-mail: casamariodeandrade@assaoc.org.br e ainda OFICINA DE CRIAÇÃO LITERÁRIA - DA PROSA AO VERSO com Tereza Mariko e Nelson de Oliveira, inscrições de 14/7 a 1/9. E ainda Marcelino Freire estará na FENAC Pinheiros amanhã com Murilo Salles, Xico Sá e Clarah Averbuck falando do filme Nome Próprio.
>>>
E a Tríade, depois de 4 anos, inicia o seu acabamento. Octavio Cariello entra para o grupo onde estão Kizzy Ysatis, Carlos Andrade e eu e começa a preparar o bolo para publicação. A história está linda e tenho orgulho de assinar essa obra que dará o que falar.
Deixarei abaixo um texto de Carlos Andrade, idealizador do projeto.
Como surgiu a Tríade?
É complexo dizer como uma idéia surge. Como professor, por muitos anos, procurei instigar os jovens a escrever, buscando formas diversas de criar oportunidades para a sua realização. No entanto, tudo que escrevi até o momento estava relacionado à produção acadêmica do conhecimento em minha área, embora tivesse vontade de me voltar para a produção literária. Fui sempre um apreciador da ficção e, numa noite, sonhei com três personagens que me fascinaram em minhas leituras: um Anjo, um Cavaleiro Templário e um Vampiro. Ao acordar sobressaltado e envolto nas imagens que ainda se refletiam do sonho, pensei em escrever sobre elas – surgiu então a TRÍADE ©.
Convidei os escritores Claudio Brites, Kizzy Ysatis e, recentemente, Octavio Cariello para compartilharem comigo desse projeto. Assim cada um de nós assumiria um papel; visões diferentes que se envolveriam numa trama densa do século XIV.
Parece não haver coerência na união dessas personagens. Elas sempre permearam espaços próprios ou singulares. Agora é a hora do encontro. Você pode imaginar o que poderá resultar desse encontro?
A Tríade entrará em cena brevemente e aproveitamos o momento para convidar-lhe, desde já, a conviver conosco nesse mundo no qual o consciente e o inconsciente se tocam; passado, presente e futuro se mesclam e o imaginário é construído como reflexo dos anseios e sonhos humanos.
E por hoje é tudo isso.
Beijim

2 comentários:

Kizzy Ysatis disse...

Êpa! Mr. Cariello entra para o grupo onde ESTÃO Kizzy, Carlos e Tu. rsrsrrs

Sim, sim, é motivo de orgulho.

bjs

Claudio Brites disse...

ops... corrigido