sexta-feira, 20 de maio de 2011

Movimento Amanda Gurgel

Curta e divulgue, por favor: #MOVIMENTOAMANDAGURGEL: Esta página é em homenagem à fala da Professora Amanda Gurgel. A fala da professora colocou em pauta o óbvio, mas um óbvio ignorado, banalizado. Objetividade, ações práticas. Junte-se a nós, faça barulho, não permita que o que foi levantando pela professora só vire mais um hit do Youtube.


Descrição:
Esta página é em homenagem à fala da Professora Amanda Gurgel, que no dia 10 de maio de 2011 silenciou Deputados em audiência pública no Rio Grande do Norte.
A fala da professora colocou em pauta o óbvio, mas um óbvio ignorado, banalizado. Como ela diz, uma tecla sendo batida e repetida há anos, desde que a escola se abriu para todas as camadas da sociedade.
Não há um sistema de ensino perfeito em nenhum local do mundo, ainda mais quando os projetos de educação não querem abarcar uma filosofia ditatorial, contudo há problemas graves, precários, que são ignorados, que só servem como mote para propostas de governo e votos.
Nós sabemos que não há muito interesse por parte de algumas camadas de poder que não exista uma educação de qualidade no país, uma educação libertária, que forme homens e mulheres reflexivos, não há interesse porque essas pessoas exigiriam melhor qualidade dos serviços sociais, melhor qualidade do sistema político, que na maioria das vezes é formado por pessoas que pararam de estudar no ensino médio, isso porque foram obrigados.
Num mundo que vem fazendo cair ditaduras, está na hora de derrubarmos essa máscara e exigir uma mudança real do sistema de ensino brasileiro.
Objetividade, ações práticas.
Queremos um bom estudo para nossos filhos, um estudo gratuito de qualidade, não queremos precisar pagar uma escola particular para que nossos filhos tenham chance de, depois, entrar em uma Universidade de qualidade, em sua maioria, pública. Não! Queremos quebrar esse círculo vicioso de demagogos.
Propostas?
Nós temos algumas, listadas abaixo, mas estamos prontos para abarcar outras, num diálogo nacional real.
Se esse movimento é político?
Sim, Político dentro da concepção mais pura de política, aquela que perdemos há muito tempo, mas não está filiado, aviso desde já, a nenhum partido, pois convoca todos os partidos, todos os sindicatos, crenças, porque pretende reunir pessoas, pessoas como a professora Amanda que estão cheias de ouvirem discursos sem sentido, que são esquecidos logo que se sai do palanque.
O movimento Amanda Gurgel, em homenagem a fala dessa mulher que representa tantos outros profissionais da educação angustiados, sem estrutura nenhuma para trabalhar e seus alunos, que são depositados em escolas que se assemelham à instituições carcerárias.
Junte-se a nós, faça barulho, não permita que o que foi levantando pela professora só vire mais um hit do Youtube.
.....
Propostas:
- Formação continuada REAL dos professores;
- Salários melhores para que eles não precisem se atolar de aula pra complementar a renda;
- Profissionais especialistas DENTRO das escolas, para apoiar tanto os alunos como as equipes de trabalho e as famílias: psicólogos, fono, enfermeira, assistente social, psicopedagogo.
- Um universo que seja coerente com as novas tecnologias, datashow nas salas, equipamento de som, etc.
- Que o computador não seja um instrumento raro, usado na "aula de informática", mas uma ferramenta de trabalho de todas as matérias;
- Professores atuando em duplas, o professor responsável em um assistente;
- Escolas visualmente mais adequadas, que não pareçam um cárcere;
- Oficinas práticas de música, escrita, artes plásticas, esportes diferenciados;
Um professor não pode ganhar menos que um auxiliar de vereador, é muita responsabilidade para alguém desmotivado e a parte financeira motiva sim.
E um professor desmotivado, além de ficar doente e destruir a própria vida, pode prejudicar a vida de nossos filhos.

2 comentários:

Gisele Gomes disse...

Parabéns professora. Eu em início de carrreira de educadora penso em não seguir está profissão, sem recursos e de mãos atadas, meu sonho de mudar o Brasil através da educação parece utópico. Agora levei uma injeção de ânimo.

Anônimo disse...

Parabéns Amanda.Somos muito pouco valorizados. Temos que reverter este quadro,apesar de nossa categoria ser desunida.