quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Lançamento do Cartas do Fim do Mundo



Fim de ano me deixa sorumbático.
Mesmo sabendo que foi um bom ano, um ano ótimo para ser mais exato, mas começa a dar um sono melado, uma melancolia. Isso porque o ano nem acabou, ainda tenho dois lançamento, o próximo é o 13° da Terracota, é o lançamento do livro Cartas do Fim do Mundo. Um livro que reúne um grupo de autores de peso em torno de um tema que gosto desde sempre, mas que agora está na moda (em parte pelo cinema, em parte pelas geleiras que derretem e tudo mais): o fim do mundo. O lançamento vai ser na Livraria Martins Fontes, Avenida Paulista 509. Veja o texto de apresentação:
Está escrito. O mundo vai acabar no dia 31 de julho de 2013. Entre meio-dia e 13h13, no horário de Brasília. Fim. Esqueça qualquer outra previsão que você já tenha visto, pois ela está totalmente errada. Acredite, esse é o dia (13), o mês (julho) e o ano (2013) do fim de nossa existência. Como será? Não há como saber. Os textos sagrados analisados não prevêem causas. Ao contrário, abrem um amplo leque de probabilidades catastróficas e deixam que a imaginação de cada um descubra os detalhes. E você sabe muito bem que bons e maus motivos para o fim não faltam. Os manuscritos sagrados só falam que tudo vai acabar, e no instante final nós finalmente saberemos se a verdade é uma ilusão e se o tempo não existe. Nesse momento último, poderemos tocar o germinar de nossa existência. Ou, como fizeram os treze escritores aqui reunidos, enviar uma carta aos nossos antepassados contando como tudo terminou. Como foi o fim do mundo.
Legal, né? Fui eu que escrevi :)
Os autores são: Moacyr Scliar, Raimundo Carrero, Marcelino Freire, Márcio Souza, Fausto Fawcett, Braulio Tavares, Xico Sá, Menalton Braff, Luis Dill, Luiz Bras, Marne Lucio Guedes, Brontops Baruq, Moacyr Godoy Moreira e eu :)
Há ainda uma carta apócrifa e um artigo científico da Dra. Nicole Hudson, traduzido pelos organizadores (Nelson de Oliveira e eu), que trata dos documentos antigos de várias civilizações e de seus indícios sobre o fim dos tempos e sobre a data supracitada. A carta é do Fausto Fawcett, ela ficou como a apócrifa porque é muito doida!
Espero você lá.
t+

4 comentários:

Veneranda Pedroza disse...

Show de bola Cláudio... só faltou mencionar o dia do lançamento! :)

Bjs

Eric disse...

Adorei te ver, rapaz. E trocar rápidas palavras com o Nelson. Bom fim de ano procê. ;)

Laura Fuentes disse...

Ele será minha primeira eitura de janeiro, prometo!

chico pascoal disse...

Como naquela música do Camisa de Vênus:

"Isso é só o FIM"

um abraço, Claudio
Chico P.